terça-feira, 10 de maio de 2011

APENAS UMA HISTÓRINHA INFANTIL


IMAGEM GOOGLE

APENAS UMA HISTÓRINHA INFANTIL

A pequena estrela chegou naquele céu tão diferente...
No início, estranhou, mas logo, outra estrela fez seus raios ficarem mais intensos.
Para tal estrela, mesmo com muitos anos Luz, aquilo era novidade...
E seguia seus dias feliz!
A outra estrela; forte, de uma coloração diferente da dela, que era brilhante, mas muito branquinha, tornou-se muito importante na sua vida.
Então... esta outra estrela, de coloração diferente e linda, despertou a atenção de outras estrelas, não tão pálida como esta estrelinha, embora brilhante... e a outra estrela, sentiu-se “o máximo!” e começou a menosprezar a estrela.
Ela chorou muito! Magoou-se demais!
E a cada momento que passava, esta outra estrela a magoava cada vez mais...
A pequena estrela foi perdendo o seu brilho, tão grande era a sua tristeza... pois esta outra estrela era o sol na sua vida.
Não sabia mais a quem no Universo perguntar o “por quê” de ser tão magoada por esta estrela forte e colorida...
Então uma voz ecoou no cosmo, se fez ouvir por todas as galáxias e disse: não chore, pequenina estrela, pequenina no tamanho, imensa na intensidade de Luz de Amor verdadeiro... A outra estrela é apenas uma criança e não sabe que a mágoa que semeia à ela retornará... Continue sua trilha, deixe as poeiras insignificantes para trás!
Uma estrela que não entende o amor é apenas um corpo celeste, que um dia apagará, como outras... e ficará, apenas o brilho daquela que soube e sabe verdadeiramente, amar.

Kira, Penha Gonçales


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário