segunda-feira, 21 de junho de 2010

QUANDO O AMOR É VERDADEIRO




imagem google


QUANDO O AMOR É VERDADEIRO...


Não sei como explicar
Talvez não deva falar
Mas meu coração
Está a falhar...
Dos olhos, lágrimas querem rolar
No peito, soluços teimam em ecoar...
Por um rosto que povoa a mente
Pois seu sorriso já germinou a semente
Do amor, neste peito ardente...


Kira, Penha Gonçales




Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário